Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Som do Rock

Ao Som da boa música desde 2010

Som do Rock

Ao Som da boa música desde 2010

HeadBangers Rádio Online

A Zeno.FM Station

Heartlay lançaram o seu segundo álbum "Attack & Agony"

28.11.19 | PABT

Heartlay - "Attack & Agony"
An Exile
27 novembro 2019
DIGITAL CD

Uma curiosidade fria da Cidade da Luz, Heartlay cria ambientes agressivos, cinematográficos e noturnos inspirados no rock industrial dos anos 90, no alt metal e na música pop sintetizada. Uma afirmação sonora e visual que obscurece a linha entre graça e destruição.

Fundada como a saída criativa do músico e produtor Aaron Sadrin, a Heartlay lançou seus primeiros EPs 'Injection' e 'Remedy' entre 2014 e 2015, antes de fazer turnê como uma banda ao vivo.

Lançado em 2017, o álbum de estréia 'Close To Collapse' foi calorosamente recebido pela imprensa alternativa em todo o mundo, incluindo Orkus, Sonic Seducer, Legacy … O metalunderground.at austríaco definiu o álbum como "impressionante, capaz de tornar os pioneiros do gênero extremamente pálidos … "

Ao mesmo tempo, a banda fez numerosas colaborações em estúdio e remix (Porn, Dolls Of Pain, An Erotic End of Times, Entropy Zero …), que os levaram ao topo do Deutsche Alternative Charts várias vezes. Eles também construíram a sólida reputação de ser um show ao vivo muito enérgico e intenso, com imagens gráficas elaboradas.

Em 2019, o Heartlay lança seu novo álbum, "Attack & Agony".

Gênero: Industrial Rock / Metal
País: França

Banda:
Aaron Sadrin: vocais, todas as músicas
Xavier Schattel: guitarra
Antoine Verdier: baixo
Nicolas Sindres: bateria

https://www.facebook.com/heartlaymusic/
https://www.heartlay.com/
http://www.tinyurl.com/spotifyheartlay/
https://www.instagram.com/heartlaymusic/

AFTERMATH lançam novo video "Scientists And Priest"

28.11.19 | PABT

Hora de acordar!
Os AFTERMATH de Chicago são uns dos pioneiros do Crossover Thrash dos anos 80.

Uma banda que se transformou em uma das bandas mais técnicas de Thrash Metal do seu tempo no seu aclamado álbum de estréia, "Eyes Of Tomorrow".

Os AFTERMATH publicaram o último vídeo "Scientists And Priest" a 2 de Novembro de 2019. É o sexto vídeo oficial do novo álbum "There Is Something Wrong", que recebe um feedback impressionante dos média.

"As pessoas encontram falso conforto na ciência ou na religião", comenta o vocalista Kyriakos 'Charlie' Tsiolis.
“As instituições foram corrompidas e são usadas para dividir as massas em dois campos. É o golpe perfeito que as pessoas discutem sobre o que é verdade. A verdade é que a religião e a ciência organizadas estão cheias de merda e costumavam nos enganar e nos manter em luta. As instituições são ferramentas de supressão e nenhuma é melhor do que aquelas que nos dizem para adorar falsos ídolos e acreditar cegamente na ciência falsa ".

Artwork by Dimitri Patelis

TRACKS:
01. Can You Feel It? 00:45
02. False Flag Flying 05:59
03. Diethanasia    02:47
04. Scientists And Priest 05:33
05. Smash Reset Control 03:28
06. Gaslight 04:53
07. A Handful Of Dynamite 02:25
08. Temptation Overthrown 03:34
09. Pseudocide    06:53
10. There Is Something Wrong 06:38
11. Expulsion 04:23

total: 47:18 min.

▶ Lançamento oficial: 15 de fevereiro de 2019 ◀

Febr. 15, 2019:
Lançamento digital - Zoid Entertainment - InGrooves / The Label Group
15 de março de 2019:
Lançamento oficial europeu -
Sleaszy Rider / Zoid Entretenimento

23 de agosto de 2019:
CD físico nas lojas e online na Amazon, Barnes and Noble, FYE e outros varejistas

1 de novembro de 2019:
Versão em vinil disponível na loja online d eAFTERMATH, Best Buy, Amazon.


Um registro conceitual no sentido mais verdadeiro da palavra, o álbum apresenta uma mistura de Thrash da velha escola e Metal técnico / progressivo, e é um comentário sobre o que stá mal com o mundo hoje.

Um chamado das massas para acordar e conhecer o verdadeiro inimigo. A música é urgente e a letra desafia o ouvinte a buscar a verdade. Em um mundo de uniformidade monótona, o AFTERMATH se destaca sozinho.

AFTERMATH • 2019 • Foto: Peter Tsiolis


Banda:
Kyriakos 'Charlie' Tsiolis • Vocais
Steve Sacco • Guitarra
George Nektarios Lagis • Baixo
Ray Schmidt • Bateria

Info: METALMESSAGE
P.O. Box 11 12
D-86912 Kaufering
Germany



















O Finlandês AJATON lançou seu primeiro single " NEON CHOKE"

28.11.19 | PABT

NEON CHOKE é o 1º lançamento do superprodutor finlandês AJATON.

AJATON qualfica a sua música como sendo música cyberpunk super emocionante e sombria para todos os punks de ruas sombrias e luzes de neon escuras. NEON CHOKE é uma música glitchy, sombria, eletrônica, industrial e agressiva, envolvida na forma de synthwave e techno dos anos 80.

AJATON é a nova onda de techno combinada em um colete à prova de laser da melancolia, escuridão e aurora boreal da Finlândia. É um muro distorcido que esmaga os que perambulam pelas ruas de Berlim em 2067.
Ouça 'NEON CHOKE' no Spotify:
https://spoti.fi/2rsy3bG
 
Ligações:
FB: https://www.facebook.com/Ajatonmusic/
TWITTER: https://twitter.com/ajatonmusic
INSTAGRAM: https://www.instagram.com/ajatonmusic/
SPOTIFY: https://spoti.fi/2rsy3bG
DEEZER: https://bit.ly/2QUilkg
GOOGLE PLAY: https://bit.ly/2rsyqD6

Entrevista: Sonata Arctica (Henrik Klingenberg // Teclista)

25.11.19 | PABT

Por: Rak Miranda

Numa parceria HintfWebzine / Som Butal

Hintf: Olá, muitoobrigada por tirarem algum tempo e fazerem esta entrevista para nós. Podes-teapresentar?

Henrik: Sou oHenrik, teclista de Sonata Arctica.

Hintf: Vocêscomeçaram em 1995. Podes-nos dizer, quais os momentos importantes de que telembras dessa era e porquê?

 Henrik: Não muito, desde que eu não estavacom a banda naquela época. Eu estou desde a gravação do terceiro álbum, Winterheart’sGuild, por volta de 2002.

Para mim, a primeira vez que fomos em tournée no Japão, foium grande sonho tornado realizado para mim.

Hintf : Desde1999, com “Ecliptica” e “Talviyö” (lançado dia 6 de Setembro deste ano), vocêscontam com dez  álbuns na vossadiscografia. Quais álbuns foram os mais difíceis ou fáceis de produzir?

Henrik: Eu achoque todos os álbuns exigiram uma certa quantidade de trabalho, para fazê-losparecer ótimos. Os quais eu tenho tocado, diria que “Reckoning Night”  and “The Days of Grays” foram os maisdifíceis e os últimos álbuns foram bastante fáceis ou mais fáceis. Não acho quequalquer álbum que tenha feito, fosse fácil… excepto o álbum “Hair of the Dog,com outra das minhas bandas: Mental Care Foundation…que foi feito numfim-de-semana.

Hintf: "ALittle Less Understanding" foi o primeiro “aperitivo” para o álbum. Qual oconceito por trás disso?

Henrik: Nósestávamos realmente a pensar num par de canções, para serem lançadas comoprimeiro single, mas na última da hora ficámos com esta, como uma primeiraamostra do álbum. A canção é muito simples e direta e o conteúdo lírico está naveia, tanto quanto entendi direito ;-)

Hinft: “Who Failed The Most”, primeiro single lançadoatravés da Nuclear Blast Records. Podes, por favor, dizer o significadoda canção e da ideia para o vídeo?

Henrik: Acho que“Cold” foi o primeiro single e primeiro vídeo, mas quem sou eu para saber? Noque diz respeito à letra, terás que verificar com o Tony, pois é um poucoenigmático. Quando filmámos o vídeo, também estávamos a fazer 2 faixas, porisso tentámos encontrar algo diferente e fomos para uma cena ao ar livre, comuma fábrica meio abandonada, como fundo, para enfatizar algumas partes daletra.

Hintf: Vamosvoltar atrás e relembrar uma das mais icónicas músicas da banda: : “Tallulah”. Muitaspessoas associam com esta canção. Podes explicar a letra (se tem um significadopessoal), a melodia e porque é tão aguardada nos concertos?

Henrik: Tenhoquase a certeza que tem a ver imaginação fértil do Tony e não tem absolutamentenada a ver com a vida real. A canção é, contudo, uma boa balada pop e muitagente realmente gosta dela, o que realmente é ótimo.

Hinft: Vocêsestão a começar  uma tour, para promover“Talviyö”  e Portugal não foi incluído.Não houveram boas ofertas de promotores, para virem cá?

 Henrik: Não sei disso, os nossos agentes preparam as tours e poralguma razão, Portugal infelizmente, não estava não estava no itinerário datour este ano.  É realmente mau, poistivemos bons concertos em Portugal ao longo dos anos. Tenho a certeza queeventualmente regressaremos.

Hinft: Podem osfãs portugueses esperar que vocês venham a ambas as cidades em breve (Porto eLisboa)?

Henrik: Eurealmente espero que sim, mas, mais uma vez, não está, nas nossas mãos.

Hinft: Obrigadapelo teu tempo e poedrias deixar uma mensagem para os fão portugueses, para osacalmar?

Henrik: Obrigadopelo apoio ao longo dos anos e espero vê-los em breve, cheers  beers !!

MERCIC 5 em Review

25.11.19 | PABT

Mercic Uma das poucas bandas Portuguesas composta de umsó homem (Carlos Maldito) com um som dentro do Indutrial, está de regressodesde Maio com um novo trabalho o Mercic 5.

Mantendo o seu foco principal dentro da sonoridade a que já nos habituou que  é o industrial, misturado  com outros elementos, sendo, que muitas das vezes a par com as letras, a e criação de músicas que não são de consumismo imediato nem para consumidores de música pré feita. De realçar que neste novo trabalho Carlos continua a usar a sonoridade da Guitarra Portuguesa , sendo assim possível dizer que este novo trabalho é de certa forma a continuação do anterior. Poderá Carlos Maldito neste novo trabalho estar a ser um pouco mais experimental que nos anteriores e dar assim nova vida ao Rock Industrial? No Som Brutal achamos que sim e que se trata da evolução natural de um músico que sabe perfeitamente o que quer. O álbum está bem equilibrado na sua sonoridade apesar de parecer que ao contrario de trabalhos anteriores, não haver desta vez uma sequência na letra das canções mas sim na sonoridade, no entanto o equilíbrio está lá e é bom de se ouvir.

Mercictem uma estabilidade nos seus lançamentos que é muito saudável, Carlos temconseguido apresentar material novo todos os anos desde o início do projeto em2015.

Paraeste Mercic 5 Carlos contou com a colaboração de vários músicos convidados comoo Brasileiro Carlos Lichman, guitarrista que participou nos temas Reborn” e “TheTime Is Now”,  César Palma ficou comguitarras e sintetizadores nos temas “The Moorings”, “There’s No WinningWithout Losing Something”, “Infinite Days Dipped In Doubt” tendo tambémdado voz ao coro no tema Reborn”. Jorge Caldeira, Miguel Ribeiro, PauloDimal, Carlos Ferraz tiveram importantes participações nos restantes temas

O destaque vai para os temas em Português  “A Mesma Pedra Que Se Incide Sobre O Passado, Constrói O Futuro”, Sandra Félix (esposa de Carlos Maldito) participou na voz do tema "Bound to You" e também colaborou na ArtWork do álbum.

Em resumo Carlos mantém neste seu novo trabalho Mercic 5 a qualidade que já nos habituou , estando sempre a elevar a fasquia para o próximo. Mantendo na sua base das letras das canções um olhar sobre a sociedade actual do ponto de vista do seu autor a par com alguma introspecção.

Como nota final, fica a avaliação de 8,9/10

Ficamos com a certeza que Carlos Maldito ainda vai explorar mais as capacidades demonstradas neste álbum e que nos vai brindar com um trabalho futuro de enorme qualidade.

R.U.S.T.X com novo video "Wake Up"

23.11.19 | PABT

Os R.U.S.T.X publicaram recentemente seu novo vídeo lírico oficial para a música do álbum "Wake Up".
Escrito com profundidade empática e tocado com amor, lida com o importante tema da consciência social - que também vem completamente com os vocais apaixonados.

Formados em 2003, os roqueiros cipriotas foram totalmente determinados desde o início. HEAVY METAL verdadeiramente sombrio e sem BS com passagens clássicas de rock é a sua paixão absoluta, como se pode determinar facilmente com apenas um som.

Entusiasmado e apaixonado por tudo o que a banda R.U.S.T.X faz, seu terceiro álbum "Center Of The Universe" convencerá inquestionavelmente os amantes da velha escola de que eles significam negócios sérios.
Banda:
Peter Pan Xanthou • Guitarras e Vocais
George Xanthou • Baixo e voz
Katerina Xanthou • Teclas e vocais
John Xanthou • Bateria e voz


A extraordinária energia positiva e originalidade da banda são refletidas com precisão por cada uma das 10 canções magníficas do álbum, assim como as influências da banda que estão profundamente enraizadas nos ícones do Rock e Metal dos anos 70 e 80.

O nível de musicalidade em "Center Of The Universe" está além da perfeição e a banda soa completamente harmoniosa e em perfeita união. Não é de surpreender, pois nem todos os membros da banda são músicos experientes, mas todos os quatro são irmãos (!), 3 irmãos e sua irmã, que além de seus instrumentos, todos compartilham deveres vocais! Um caso de família mais definitivo (e incrível)!

A banda comenta: "Com este álbum, nós realmente nos esforçamos para o limite e o resultado é como algo fora deste planeta. Um retorno às era dos anos 70 e 80 da música Rock e Metal que tanto adoramos".

O lendário produtor de rádio Robert Camassa, que escreve um prefácio do álbum, não poderia ter dito melhor: "Este álbum é como um relógio suíço, andando muito bem, nunca pulando uma batida. Esta é uma banda que pagou suas dívidas e voltou com um álbum matador. Se o RUSTX precisar de uma transfusão de sangue, deve ser o Heavy Metal +. "

O notável trabalho de R.U.S.T.X é completado pela magnífica capa criada pelo incrível Chris Achilleos, conhecido por sua interpretação única de impressionantes amazonas, dragões épicos e pinturas inspiradas em civilizações antigas e mitologia. Suas obras enfeitaram centenas de capas de livros de fantasia nos anos 70 e 80 e, é claro, ele é mais conhecido por sua pintura da heroína Taarna encomendada para o pôster animado de 1981 de Heavy Metal.

O álbum também conta com participações de Paolo Nipa (DARK QUARTERER) e Andrea Ramacciotti (DEADLY TIDE) e foi gravado e mixado no Woodstock Recording Studio em Piombino, Itália por Andrea Ramacciotti.

Cover art • "Center Of The Universe" • Artwork: Chris Achilleos

TRACKS:
01. Defendre Le Rock 04:51
02. Running Man 03:25
03. Black Heart 04:29
04. I Stand To Live 05:26
05. Endless Skies 04:32
06. Center Of The Universe 09:09
07. Widow's Cry 05:38
08. Wake Up 04:45
09. Dirty Road (CD bonus) 04:17
10. Band On The Run (CD bonus) 05:18

total: 51:50 min.

R.U.S.T.X • DISCOGRAFIA:
2011 • Forjado no fogo do metal (longa-metragem)
2015 • Destiny Riders (EP)
2017 • T.T.P.M. (comprimento total)
2019 • Centro do Universo (longa metragem)

"Center Of The Universe" sai desde 15 de novembro em CD e Digital, com um lançamento em vinil planeado para uma fase posterior. A versão em CD apresenta 2 faixas bónus, incluindo uma capa do clássico "Band On The Run" (Paul McCartney & Wings). Uma faixa está disponível para streaming e download gratuito em www.pitchblackrecords.com, onde informações sobre pedidos também estão disponíveis.

Info: METALMESSAGE
P.O. Box 11 12
D-86912 Kaufering
Germany




















Brasileiros Taurus divulgam capa do novo álbum

23.11.19 | PABT

Este é o primeiro trabalho de inéditas do grupo carioca desde 2010.

A banda carioca Taurus, uma das referências do Heavy Metal brasileiro, divulgou três grandes novidades sexta-feira 15: o grupo revelou a capa, o nome e um trecho de uma das músicas que farão parte do novo álbum. A apresentação aconteceu por meio de um teaser que foi publicado nas redes sociais da banda (no Facebook https://www.facebook.com/TaurusThrashMetal/ e no Instagram @taurus.oficial).

A capa do novo álbum, que será lançado em janeiro de 2020 por meio do selo Dies Irae Records, foi criada pelo artista gráfico Alcides Burn.

As gravações foram realizadas nos estúdios Ômega, El Sonoro e Home of John, localizados no estado do Rio de Janeiro.

O CD é esperado com muita expectativa tanto nos fãs quanto na crítica especializada porque é o primeiro trabalho da banda que reunirá só músicas inéditas desde o álbum “Fissura” (2010). 

Na visão do baterista do Taurus, Sérgio Bezz, o novo álbum dá continuidade ao trabalho que a banda desenvolveu nas últimas três décadas. “A cada novo CD, nós procuramos retratar o momento no qual vivemos, não só musicalmente, mas também em relação ao nosso entorno social e pessoal. Esse novo trabalho foi feito de uma maneira muito especial, em cada detalhe. A produção e a gravação são do Cláudio Bezz, que tem o DNA da banda. Além de ser um exímio guitarrista e fazer parte do Taurus desde a fundação do grupo, ele acumulou uma vasta experiência de estúdio nos últimos anos. Também teremos ainda algumas participações especiais de amigos que fizemos em todos esses anos de estrada. Aguardem!”, diz.

A formação atual do Taurus, que está completando 34 anos de vida, conta com Otávio Augusto (vocal), Felipe Melo (baixo), Cláudio Bezz (guitarra) e Sérgio Bezz (bateria).

O novo trabalho da banda Tuarus

34 anos de Heavy Metal

O Taurus foi formado em 1985 na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro, por Otávio Augusto (vocal), Cláudio Bezz (guitarra), Jean (baixo), e Sérgio Bezz (bateria) e lançou o álbum de estreia, “Signo de Taurus”, em 1986. A discografia do grupo ainda conta com os álbuns “Trapped in Lies” (1988), “Pornography” (1989) e “Fissura” (2010), além do CD/DVD “Ao Vivo 30 Anos” (2016).

Após um período de recesso, entre 1994 e 2006, o Taurus voltou aos palcos em 2007 para abrir uma apresentação do Testament no Canecão, no Rio de Janeiro. Três anos depois, o grupo lançou o 4º trabalho de estúdio, “Fissura” (2010), que foi distribuído para toda a Europa por meio do selo português Metal Soldiers Records e para a América do Norte pelo selo mexicano American Line Records.

Redes sociais do Taurus - (Facebook - www.facebook.com/TaurusThrashMetal/. Instagram - @taurus.oficial).

Divulgação: X-PressON! - Assessoria & Marketing.

"Decadenza" dos Deadly Carnage sai a 21 de Dezembro

19.11.19 | PABT

O Deadly Carnage nasceu em 2005 a partir de uma idéia de Adres (baixo) e Marco (bateria), quando após os primeiros períodos de militância na cena Black / Thrash Metal, as intenções da banda sofreram uma mudança, com o som se tornando mais atmosférico e introspectivo. Em 2007, o Deadly Carnage começou a se afastar lentamente da cena do Black Metal em favor das influências de Doom, Post-Rock e Post-Metal. Este período evolutivo é coroado com o lançamento de "Manthe" em 2014, mas as mudanças no Deadly Carnage estavam longe de terminar, pois seu objetivo é continuar experimentando, evoluindo e explorando novos territórios sem estabelecer limites ou barreiras musicais. "Através do Vazio, Acima dos Sóis" representa outro capítulo nesse caminho sempre em evolução.


Este álbum é um relançamento do álbum de 2008, que foi reeditado em 2009 em fita cassete pela War Kommand Prod. E então outra reedição do CD foi feita em 2010 pela Dark Babel Records. Este álbum está totalmente esgotado há cerca de 9 anos, e é por isso que a banda decidiu fazer outra edição, desta vez em digipak, com uma obra de arte completamente nova e diferente. O álbum é um conceito sobre as antigas religiões pagãs europeias que ao longo dos séculos foram chamados de "bruxaria" e, consequentemente, também é um conceito sobre a caça às bruxas.

Alinhar:
Marcello - Voz
Nicholas - Guitarras
Endereço - Baixo
Marco - Bateria

Gênero: Black Metal
País: Itália

Ligações:
Facebook: https://www.facebook.com/DeadlyCarnage/
Bandcamp: https://deadlycarnage.bandcamp.com/
Instagram: https://www.instagram.com/deadlycarnageband/
Youtube: https://www.youtube.com/user/Adres1989/videos
Spotify: https://open.spotify.com/artist/6Smmabcnt0gxJ3PnXAFq1L








Unbounded Terror lançam álbum "Faith in Chaos" em Janeiro de 2020

18.11.19 | PABT

O UNBOUNDED TERROR, formado na ilha de Maiorca (Espanha), é uma das primeiras bandas espanholas de Death Metal. Foi formado em 1990, originalmente chamado Putrefeact Monstruosity até junho de 1991, quando adotaram o nome UNBOUNDED TERROR.

A banda logo foi promovida pelo lendário selo Drowned Productions, cujo proprietário, Dave Rotten (Avulsed), é um amigo muito bom do guitarrista líder da banda, Vicente J. Payá, desde 1990. Primeiro, eles lançaram a demo de estréia da banda, “Sarcastic Souls ”em 1991 e, em seguida, seu clássico álbum completo" Nest of Affliction "em 1992, com a honra de lançar o primeiro álbum nacional do Death Metal em LPs, CDs e cassetes de 12". Depois desse álbum, a banda tocou extensivamente em todo o Território espanhol e gravou mais duas demos “Growing on Sorrow” (1992) e “Through the Dark Desperation (Evil Laughs Stronger)” (1993). Depois disso, a banda foi dissolvida por Vicente devido a problemas com a formação e focada em sua recém-criada banda do Doom Metal GOLGOTHA, mas isso é outra história.

Em abril de 2019, Vicente J. Payá, motivado por algumas pessoas e fãs a reunir o UNBOUNDED TERROR e vendo que era a hora certa, decidiu trazer de volta à vida os novos membros da banda, permanecendo como o único membro original. Eles imediatamente começaram a escrever novas músicas e, nesse meio tempo, tocaram seu show de reencontro, 26 anos após o último show, no prestigiado Iberian Warriors Metal Fest, em 29 de setembro. Logo depois disso, em outubro de 2019, eles entraram e gravaram seu novo álbum 28 anos após sua estréia, assinando com o Xtreem Music (ex-Drowned Prod.) Voltando para casa com a gravadora que sempre os apoiava e confiava neles. "Faith in Chaos" será lançado em CD e 12 "LP em 2 de janeiro de 2020.

Alinhar:
Vicente J. Payá - Guitarras
Andrew - Vocais / Baixo
Portas - Bateria
Juan - Guitarras

Gênero: Death Metal
País: Espanha

Ligações:

www.unboundedterror.com
https://youtu.be/P_zi7uGIzv8
http://soundcloud.com/xtreemmusic




Próximos concertos do/no Espaço Vilametal

16.11.19 | PABT

23.11.20 - Ashes in the Ocean + Whales Don't Fly - Woodstock 69, Porto - 22:30h

23.11.19 - Flatten - TreBARuna, Lamego - 22h

30.11.19 - Serrabulho + Goatvermin + Burning Flesh + Dismorphism + ABRI160 - Onomatopée, Lausanne, Suíça - 20h

06.12.19 - Ticks + Francisco Maia DJ sets - Club de Vila Real, Vila Real, 21:30h

14.12.19 - Avulsed + Serrabulho + Theriomorphic + Alcoholocaust + Grindead + Homicídio + Divine Ruin - Butchery at Christmas Time XX, Centro Cívico, Vila do Carvalho, Covilhã - 16:30h

18.12.19 - The Black Wizards, Café-Concerto, Teatro de Vila Real, Vila Real - 22:30h

21.12.19 - Apotheus - TreBARuna, Lamego - 22h

28.12.19 - Filii Nigrantium Inferalium + Atlas Pain + Synlakros + EnChanTya + Cavemaster + Dawn of Ruin + Nematomorphos - Assembleia do Metal, Salão dos Bombeiros, Pindelo dos Milagres, São Pedro do Sul - 18h

17-18.01.20 - Malevolent Creation + Spasm + Unfathomable Ruination + Holocausto Canibal + Cytotoxin + Rectal Smegma + Nashgul + Serrabulho + Acranius + Analepsy + R.D.B. + Kadaverficker + Twitch of the Death Nerve + Party Cannon + Bleeding Display + MDMA + Byonoisegenerator + Disturbance Project + Diaroe + Cronaxia - XXXapada na Tromba V, RCA Club, Lisboa - 16:30h

08.02.20 - Gaerea + Cinemuerte + Soul of Anubis + Joseph + Sollust - II Doomed Fest, ASDREQ, Quintela de Orgens, Viseu - 21h

03-04.04.20 - Ratos de Porão + Rotten Sound + Peste & Sida + Serrabulho + For The Glory + Midnight Priest + Besta + Devil in Me + Switchtense + Destroyers of All + Martelo Negro + Toxikull + Soul of Anubis + Patrulha do Purgatório + All Against + TBA - Moita Metal Fest, Largo do Pavilhão Municipal de Exposições, Moita - 19h

04.07.20 - Vinho, Folar e Rock'n'Roll 2020, Gorgoço, Santa Valha, Valpaços - 15h

23.05.20 Serrabulho + Teething + Himura - Cornucopia Fest 007 - Warm Up Party, Sala Boveda, Barcelona, Espanha - 20:30h

Mais informações em vilametal.blogspot.pt

Apoios Som do Rock

Pág. 1/2