Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Som do Rock

Ao Som da boa música desde 2010

Som do Rock

Ao Som da boa música desde 2010

HeadBangers Rádio Online

A Zeno.FM Station

O Rock em Portugal - de 2000 em diante

10.05.23 | PABT

IMG_20230509_084324.jpg

O Rock em Portugal teve um grande desenvolvimento na década de 1990, com o surgimento de bandas como Xutos e Pontapés, GNR, Rádio Macau, Sitiados, Mão Morta, Peste e Sida, Ban, Delfins, Heróis do Mar, entre outras. Estas bandas influenciaram as gerações seguintes de músicos portugueses que exploraram diversos estilos e subgéneros do Rock.

No ano 2000, destacaram-se os Ornatos Violeta com o seu segundo e último álbum "O Monstro Precisa de Amigos", que foi considerado um dos melhores discos portugueses de sempre. Outras bandas que marcaram a década foram os Silence 4, os Blind Zero, os Da Weasel, os Toranja, os Clã, os Wraygunn, os Pluto, os Linda Martini, os The Gift, os Moonspell, entre muitas outras.

No ano 2004, realizou-se em Lisboa o festival Rock in Rio, que trouxe a Portugal grandes nomes internacionais como Metallica, Paul McCartney, Sting, Peter Gabriel, Foo Fighters, Evanescence e muitos outros. O festival repetiu-se em 2006, 2008 e 2010.

No ano 2005, surgiu o festival Super Bock Super Rock, que também contou com a presença de artistas estrangeiros e nacionais de renome. Alguns exemplos são The Strokes, Arcade Fire, Pixies, Arctic Monkeys, Muse, Depeche Mode, The Killers e The National.

No ano 2007, realizou-se em Lisboa o festival Alive!, que se tornou um dos maiores eventos musicais do país. O cartaz incluiu bandas como Pearl Jam, Linkin Park, Smashing Pumpkins, Rage Against the Machine e Bob Dylan.

Na década de 2010, o Rock em Portugal continuou a diversificar-se e a renovar-se com novos projetos e sonoridades. Algumas das bandas mais relevantes foram os Capitão Fausto, os PAUS, os Diabo na Cruz, os Linda Martini (que lançaram um álbum ao vivo no Coliseu dos Recreios em 2016), os Glockenwise (que colaboraram com Adolfo Luxúria Canibal dos Mão Morta), os You Can't Win Charlie Brown (que tocaram no festival SXSW nos EUA), os First Breath After Coma (que foram nomeados para um prémio europeu de música independente), entre outras.

No ano 2012, realizou-se em Lisboa o festival Optimus Alive!, que mudou de nome para NOS Alive! em 2014. O festival contou com a presença de bandas como Radiohead (que tocaram pela primeira vez em Portugal o álbum "The King of Limbs"), The Cure (que fizeram um concerto de três horas), Coldplay (que encerraram a edição de 2011 com um espetáculo pirotécnico), Green Day (que tocaram o álbum "American Idiot" na íntegra), The Black Keys (que foram cabeças de cartaz em 2014), Muse (que apresentaram o álbum "Drones" em 2015) e Foo Fighters (que regressaram ao festival em 2017).

(1) Rock de Portugal – Wikipédia, a enciclopédia livre. https://pt.wikipedia.org/wiki/Rock_de_Portugal.
(2) 10 MOMENTOS INÉDITOS DO ROCK EM PORTUGAL. https://www.cmjornal.pt/cm-interativo/reportagens-interativas/detalhe/10-momentos-ineditos-do-rock-em-portugal.
(3) História :: Música Rock em Portugal. https://musica-rock7.webnode.pt/historia/.
(4) A História do Rock em Portugal | RDB | www.ruadebaixo.com. https://www.ruadebaixo.com/a-historia-do-rock-em-portugal.html.

Apoios Som do Rock